October 3, 2015

Lançamento – Ivy Walker

capa

O Ivy Walker é o primeiro supergrupo formado dentro da Cloud Chapel, a partir da junção de mario maria (Mario Cascardo) e Babality (Lucas Stamford e Romulo Moraes).

O disco homônimo é uma jornada de percepção interior, envolvendo memória, auto-percepção e atenção às coisas do mundo. Canções cantaroláveis e paisagens sonoras se encadeiam e se misturam ao longo do álbum, construído com samples, vozes, efeitos e instrumentos mais tradicionais.

Tanto na música como na capa do disco – feita pelo artista de computador asndor – saltam referências a coisas percebidas agora e no passado, como a Caverna do Dragão, o Ayrton Senna e tudo que o rodeia, jogos de Playstation Um, o filme A Vila (de onde vem o nome da banda, que é o personagem da garota cega), a cultura do jovem carioca atual e o catolicismo.

Junto com o disco sai o clipe do hit Si Te Quiero, produzido pela própria banda com a assistência do embaixador do Cafezinho da Lagoa Felipe Santoro.

O disco sai em tiragem limitada de CDs (já disponivel na loja) e cassetes (dentro de uma semana), e também digitalmente em:

– Spotify, Rdio, Deezer e similares;

– Lojas digitais como Amazon e iTunes;

Bandcamp do selo;

– Seção download.

June 30, 2015

Dois vídeos novos do mario maria

O mario encontrou imagens gravadas nos anos 70 pelo aeromodelista (aparentemente) holandês Edmund Liem e fez dois novos vídeos para músicas do disco Abertura do Programa.

Own Fever


Frente

December 16, 2014

Clipe da música Menos Carne, do mario maria

Menos Carne é a 4a. faixa do álbum Abertura do Programa

November 25, 2014

Lançamento – mario maria – Abertura do Programa

Quando a Cloud Chapel iniciou suas atividades em 2009 o grande objetivo era encontrar pessoas que gravam música em seus quartos, um tipo de música que possui um certo espírito difícil de descrever mas fácil de reconhecer quando se depara com ele. De preferência descobrir pessoas e artistas ainda desconhecidos, que aparecessem do nada, de algum canto do país mandando um email.

Quanto ao espírito todas as gravações lançadas pelo selo o possuem de alguma forma, uns mais outros menos, porém todos os artistas que gravaram eu já conhecia por algum outro meio antes de eles lançarem pelo selo. Desconhecidos surgidos do nada mandando um email também rolaram, mas sem o espírito.

Demorou três anos pra surgir alguém que atendesse com precisão a esses requisitos, mas em meados de 2012 apareceu: chegou um DM de Twitter do Mario Cascardo, com um link e dizendo algo como “essas músicas aqui são do mario maria, que sou eu”. Lá estava. Aquilo era exatamente o que o selo estava procurando.

Dois anos e muita conversa depois e o álbum de estréia do mario maria, Abertura do Programa, foi concluído. Estamos lançando ele hoje.

O álbum é composto por 10 faixas que lançam mão de uma combinação de técnicas, principalmente colagem, sampleamento e canção. Sobre os temas, o espírito do disco, nós não vamos falar aqui nessa postagem, por medo de atrapalhar a experiência.

Abertura do Programa já está disponível para download na seção download aqui em cima e para streaming no bandcamp linkado também aqui acima.

Em muito breve estará disponível uma tiragem limitada de cópias em CD e K7. Avisaremos aqui.

Fiquem com Deus.

May 1, 2013

Lançado – Digital Ameríndio & (American Bigfoot) Mouse Mouse Joe – Intensos Animais Imperceptíveis

Desenho

Alguns anos atrás eu perguntei pra ele mesmo:
– Quem é Digital Ameríndio?
– O importante disso é que é Digital Ameríndio e não Ameríndio Digital.
– É mesmo?
– É mesmo.
– …
– Não é um ameríndio high-tech adaptado ao mundo digital e esse tipo de coisa, é um tipo que lida com o mundo digital como faria um ameríndio, por exemplo: o computador não funciona ele começa a dar uns tapaços na máquina “aí, qual é? qual é?”.

Então, Sandro Rodrigues, o criador do Digital Ameríndio, é possivelmente a pessoa mais psicodélica em atividade no país. Ano passado ele convidou os músicos Löis Lancaster, Pedro Bonifrate, Robson Piva e Gabriel Ares e formou o conjunto que ele nomeou como (American Bigfoot) Mouse Mouse Joe e com eles gravou este Intensos Animais Imperceptíveis, sua primeira obra com banda, que conta com músicas inéditas além de novas versões para peças que apareceram nos anteriores a incomensurável piração psicodélica, degenerativa, transgênica e generalizada do bizarro mundo mágico de orleans e braguilhas [1999], muito tarde (EP) [2007] e ‘, mas qual?’ [2008].

As formas sonoras do álbum variam e sua unidade é formada por uma idéia que você pode intuir depois de algumas audições, talvez com uma pequena ajuda dos parágrafos anteriores. Às vezes soa como um Mercury Rev de Bonsuça, às vezes como um seresteiro, outras como um bruxo curandeiro/João Gilberto, mas não assim tão claramente.

Como de costume você pode baixar o álbum gratuitamente na seção ‘download’, adquirir em CD por 10 pratas na seção ‘loja’ ou ouví-lo no bandcamp do selo.

Bom Dia do Trabalho.

Older Posts »